Quem Somos

Missão/Visão/Valores
Política de Qualidade
Instrumentos de Gestão
Recursos Humanos
Estatísticas
História

Apresentação

O Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar – FOR-MAR, foi criado em 2008 por protocolo celebrado entre o Instituto do Emprego e Formação Profissional I.P. e a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, enquadrado no regime previsto no Decreto-Lei nº 165/85 de 16 de maio.

O FOR-MAR tem como principal atribuição a promoção de atividades de formação profissional para a valorização dos recursos humanos dos setores ligados às atividades marítimas e, neste contexto, desenvolve a sua atividade formativa em três grandes eixos:

Formação Profissional

Assegurar a realização de formação profissional necessária à qualificação, reconversão profissional, aperfeiçoamento e progressão nas carreiras dos profissionais marítimos, nos termos legais em vigor, bem como dos outros profissionais dos setores que integram o âmbito da sua atividade.

Avaliação e Certificação

Assegurar a avaliação e certificação da aptidão profissional decorrente da frequência de cursos ou prestação de provas de exame, bem como proceder ao reconhecimento, validação e certificação de competências profissionais adquiridas em contextos de aprendizagem formal ou informal aos profissionais dos setores que integram o âmbito da sua atividade, em particular aos profissionais marítimos dos escalões da mestrança e marinhagem.

Promover a Formação

Promover a formação e a avaliação de competências específicas do exercício da atividade marítima legalmente requeridas a nível nacional e internacional.

As palavras-chave que definem a nossa atividade são: Qualificar, Valorizar e Formar.
Procuramos criar oportunidades e promover a competitividade na nossa área de atuação.

Portaria nº 311/2008 de 23 de abril
Homologa o protocolo que cria o Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar (FOR-MAR)

O FOR-MAR encontra-se implantado ao longo da costa continental Portuguesa ministrando formação, com carácter permanente, em 12 Polos de Formação:
  • Polo de Viana do Castelo
  • Polo de Póvoa de Varzim – Vila do Conde
  • Polo de Matosinhos
  • Polo de Ílhavo
  • Polo de Figueira da Foz
  • Polo de Nazaré
  • Polo de Peniche
  • Polo de Lisboa
  • Polo de Sesimbra
  • Polo de Setúbal
  • Polo de Portimão
  • Polo de Olhão

O FOR-MAR desenvolve também a sua atividade formativa noutras localidades onde não tem Polos de Formação, como por exemplo em Afurada, Olival, Régua, Ericeira, Cascais, Vila Franca de Xira, Sines, Vila Nova de Milfontes, Quarteira, Lagos, Vila Real de St. António, entre outras. O FOR-MAR estende ainda a sua colaboração às Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Os Polos são na sua generalidade construídos de raiz, e estão normalmente implantados na proximidade de portos de pesca.

De um modo geral, os Polos dispõem além das salas de formação, de uma secretaria e área de atendimento, sala de formadores e biblioteca.

As salas de formação para sessões de formação eminentemente teóricas, de um modo geral, estão equipadas com quadro, TV, DVD, projetor multimédia, mesas e cadeiras para formador e formandos. Nove dos Polos estão equipados com Quadros Interativos, normalmente instalados nas Salas de Navegação.

As salas de formação para sessões de formação prática agrupam-se nas tipologias a seguir indicadas:
  • Oficina de Marinharia e Tecnologia da Pesca
  • Sala de Segurança Marítima
  • Sala de Navegação
  • Simulador de Radar e de Navegação
  • Simulador de Radiocomunicações Marítimas
  • Simulador de Deteção e Pesca
  • Simulador de Estabilidade
  • Laboratório de Máquinas e Tecnologia Mecânica
  • Oficina de Frio e Climatização
  • Laboratório de Eletricidade e Eletrónica
  • Oficina de Carpintaria Naval
  • Laboratório de Biologia e Processamento do Pescado
  • Sala de Informática
Missão 01

Missão

O FOR-MAR tem por missão a valorização dos recursos humanos conducentes à qualificação, aperfeiçoamento técnico e certificação dos profissionais e/ou candidatos às profissões que integram a fileira económica das pescas, da aquicultura e recursos marinhos vivos, dos transportes marítimos e fluviais, das atividades portuárias, marítimo-turísticas e de recreio náutico, da construção e reparação naval, dos recursos não vivos, novos usos e recursos do mar, ambiente e sustentabilidade e ainda o reforço da segurança marítima e da atividade piscatória.

Visão 02

Visão

Ser reconhecida como entidade nacional de referência para a formação e certificação profissional na fileira das pescas, aquicultura, indústria transformadora do pescado, atividades marítimas em geral e atividades conexas.

Valores 03

Valores

Honestidade
Competência
Dedicação ao cliente
Impacto Social
Comunicação aberta
Equidade
Ética

Política da Qualidade

No FOR-MAR acreditamos e queremos que o Sistema de Gestão da Qualidade implementado seja o instrumento que nos permite:

  • Prestar serviços inovadores e de qualidade, com valor acrescentado elevado, numa ótica de melhoria global permanente e num clima relacional de grande dedicação e empatia em que as expetativas justas dos clientes/formandos são postas sempre em primeiro lugar.
  • Sermos sempre norteados pela missão que institucionalmente nos foi atribuída, pelo impacto que pretendemos prosseguir e pelo respeito da legislação e normativos nacionais e internacionais aplicáveis à nossa atividade, atuando em conformidade com os requisitos de certificação DGERT e ISO 9001, de modo a garantir a total satisfação dos clientes.

Instrumentos de Gestão

Os instrumentos de gestão visam orientar a atividade do FOR-MAR para a prossecução dos seus objetivos, desempenhando um papel fundamental na boa gestão dos recursos que lhe estão afetos.

Recursos Humanos

Mapa de Pessoal do FOR-MAR, Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar.

Estatísticas

(em atualização)

História

(em atualização)

Previous Next
Close
Test Caption
Test Description goes like this
Translate »